Sunday, May 18, 2008

Taiwan e suas bizarrices culturais

Oi! Quanto tempo, né.

Vocês sabem a história - falta de tempo, aqui sempre tem coisas legais para fazer, falta tempo para escrever no blog e tal. Por isso, muita coisa digna de contar e muita história legal ficou para trás. E agora? Bem, o objetivo desde o começo no blog não era ter muita cara de diário de qualquer jeito, e sim contar mais coisas que interessam um público mais amplo do que os meus mais próximos conhecidos. Então, vou escrever sem muita ordem cr
onológica o que me parecer conveniente, e se eu escrever bastante até dá para contar tudo que eu teria contado se tivesse contando conforme as coisas acontecem. E também posso escrever umas historinhas das viagens e tal se der na telha depois! Por favor perdoem a falta de sincronia...

E chega de desculpas, vamos ao que interessa! Hoje resolvi fazer um post especial só com detalhes pitorescos (ou nem tanto) da vida nessa ilhazinha. Eu adoro detalhes pitorescos!

Primeiro, o chá: no Brasil eu nunca gostei de chá, e sempre evitei com todas as forças. Só que aqui não dá, o chá está simplesmente em todo lugar. É praticamente água, e alguns restaurantes ao invés daquele copinho de água de cortesia tem um copinho de chá. Ok, tudo bem, pelo menos é o chá tradicional de folhas, que é bem suave e eu me acostumei a beber bem rápido. O problema é que nem todo chá é assim... xeu achar uma imagem no google, peraí.

Aqui o terrível vilão, tremei, mortais.

Bem! Parece que o chá é tão tradicional na cultura daqui que tem várias versões e tipos. O da imagem é conhecido como naicha, ou chá de leite. Se não me engano é um simples chá normal (ou seja, água + sujeirinha de folha) misturado com leite. Simples de composição, tamanha atrocidade gastronômica passaria facilmente desapercebida por qualquer bom cidadão que não houvesse provado seu poder destrutivo. A verdade é que da união de dois ingredientes tão simples e de tanto bom gosto (nos dois sentidos) resulta esse, esse... isso, essa porcariazinha cor de nada que por algum motivo todos taiwaneses amam mas que eu que sei das coisas sei que Américo Vespúcio não tomaria. E Américo Vespúcio também sabia das coisas.

Se não vi errado (porque não foi exatamente isso que procurei no google), esses exemplares da foto não só são chá de leite, mas também do ainda-pior-acredita? tipo, o chá de leite com pérolas. As tais "pérolas" são... na verdade não sei o que, mas são duras e moles ao mesmo tempo, praticamente impossíveis de mastigar e também de engolir inteiras e não têm gosto de nada. Bem... além do chá de leite, também tem chá de mel (esse sim é muito gostoso!) e algumas outras variedadezinhas interessantes. É engraçado como todos os jovenzinhos aqui tomam chá, e você vê eles comprando copinhos (que são sempre esses selados com um plasticozinho que você fura fazendo tá! com o canudinho, é divertido!) de todos tipos nas lojas.

Outro dos aspectos bem únicos da cultura taiwanesa é a religião, aqui é uma bagunça só.

DSCN3762
Tem imagens para todos tamanhos e gostos nas lojas, é bem interessante ver como alguns são bem feitos.

Taiwan foi colônia do Japão há uns anos atrás (se você ainda não sabia, agora sabe). Nessa época, a ilha era parte do Japão e como tal, precisava se adequar culturalmente; por isso, os taiwaneses foram "ensinados", para não dizer forçados, a viver como japoneses. Além de falar a língua e vestir a roupa, também tiveram que seguir a religião, ou seja, o xintoísmo. Só que como nem todo mundo achava sushi muito gostoso (eu sempre achei os taiwaneses de gosto meio duvidoso mesmo), muita gente venerava os seus deuses secretamente nos templos xintoístas. Depois de tudo voltar ao normal, quão normal a situação do país hoje possa ser, as pessoas podiam praticar suas religiões livremente de novo, e o resultado disso que aconteceu no período de Taiwan-Taihoku (nome japonês da província, na época) foi que em um templo só se praticava diversas religiões (aqui se dividem principalmente o budismo, o taoísmo e o xintoísmo). Por isso, muitas pessoas inclusive acreditam em uma mistura das três. Por cima de tudo isso, também tem o catolicismo. É mole? Pelo menos são cabeça aberta, isso é legal.

DSCN2560
Mercado noturno em Kaohsiung, antes de anoitecer. Nessa foto a gente tava numa barraca pechinchando com o vendedor simpático.

O comércio! Aposto 50NT (não se surpreenda, não é muito) que você está pensando "pechinchando, hein?". Bem, de qualquer jeito, eu explico: pelo jeito principalmente em mercados menos formais como esses mercados noturnos tão amados daqui, é normal os preços estarem acima porque os vendedores e os compradores não querem perder o prazer de negociar e por isso o preço é aumentado considerando isso já. Legal, né? Os vendedores aqui também dão, em geral, um show nos brasileiros, são super simpáticos, nunca são monossilábicos e sempre sorriem. Não passam aquele sentimento de "que m*%#a eu recebo pouco demais e não tenho ânimo de rir para os clientes, eu já faço esse trabalho o dia inteiro" e são em geral realmente compreensivos e prestativos. Eles conversam com você, perguntam há quanto tempo está no país (a maioria das pessoas pergunta isso na verdade xD), e a moça do Mai Dan Lao falou que eu falo chinês superbem outro dia! Se isso tudo é para comprar os clientes, eles fazem super bem. Eu amo os vendedores daqui já.

Facial skin cleaning
Foto aleatória. =D essa parece que é um tratamento de pele, em que se lambuza o cliente com um creminho depois passa-se umas linhas na cara dele para remover o creminho e quaisquer sujeiras, acredito. Não sei bem qual o objetivo ou como funciona, mas é no mínimo curioso!

I don't know what it is...
E isso! É bem comum por aqui vendedores na rua disso. É tipo um bolinho recheado que se joga a massa dentro dessas formas que são aquecidas e depois abertas, saindo um bolinho fresquinho. Ontem comi um de chocolate que tava uma delícia!

DSCN2447
A quem quiser vir para Taiwan, um aviso: esteja pronto! Os banheiros públicos aqui são assim. Têm esses de acocorar-se, e os de ficar em pé. Os de sentar geralmente são para deficientes, então na maioria das vezes as pessoas têm que se virar com os outros dois mesmo. Eu ainda não tive coragem de tentar um desses, e não sei se terei.

Desculpa misturar uma foto de comida e depois uma de banheiro, coisa sem noção!

DSCN2490
Palestra com os chefões de Kaohsiung.

Outro hábito inexplicável dos taiwaneses: eles adoram usar microfones desnecessariamente aqui. Todas as aulas, palestras e discursos de pessoas para mais de cinco interlocutores em geral são feitos com microfone aqui. O falante está na frente de todos os ouvintes e perfeitamente audível mas usa o microfone. Vai saber por que fazem isso... às vezes dá nos nervos.

DSCN3208
Aqui nunca tem latas de lixo, em lugar nenhum. As da foto são uma raríssima exceção. E as ruas são extremamente limpas, você nunca vê um lixinho sequer jogado por aí! Dá para entender? Acho que os taiwaneses comem o lixo. Talvez por isso consigam beber chá de leite.

/Megaofensa, perdão!

DSCN2639
Ou talvez isso. Super caminhão de lixo ao resgate! Os caminhões de lixo aqui tocam Für Elise (ou uma outra que não sei o que é), inconfundível. Como eles andam devagarinho para dar tempo das pessoas tacarem os sacos de lixo dentro, a música te irrita por bastante tempo, não tem erro. Se bem que é divertidinho... =p

DSCN3743
Não tem copo? Sem problemas, papéis de beber água grátis!

É impermeável de verdade, acredita? Como aqui tem sempre essas maquinazinhas de soltar água (não exatamente bebedouros, só alguns são daquele tipo que dá para beber sem copo) e nem todos têm o dom das garrafas e copos vazios (Zelda mode meio on), nesse exemplar em Yilan tinha ao invés de uma pilha de copos descartáveis, uma pilha de papéis descartáveis. Mágico, não?

Triste é, porém, que em Taiwan a regra é a exceção: enquanto no Brasil a maioria das pessoas prefere água gelada se não natural, em Taiwan as pessoas gostam muito de beber... água quente! Difícil de acreditar, mas se você pedir um copo de água num restaurante, a chance de ele vir fervendo não é nada pequena. Essas maquinazinhas de soltar água (amei esse jeito de chamá-las), por exemplo, têm três botões, um para água fria, normal e quente. O botão da água fria solta água que o de água normal soltaria no Brasil, o de normal solta algo que não se solta no Brasil e o do de quente sai vapor. Mentira! Mas sai água praticamente fervente. Até dói de beber! Me pergunto se as pessoas realmente bebem isso,

Agora uma curiosidade nominal: (ahahahaha eu não achei nada melhor para chamar a curiosidade) muitas lojas aqui chamam algumacoisa の algumacoisa (lê-se no). Esse no é a letra japonesa que indica posse, como o 's do inglês. Então é tipo Arlindo's Bar, jeito bem comum de se nomear sua loja. Por causa disso todo mundo aqui conhece o no em hiragana do japonês.

E pra terminar, um pouquinho de bom gosto para variar. (rima pobre)

Flower!
Flores taiwanesas! Dedicadas à minha mãezinha amada, que também ama flores mas algum safado sem vergonha que aposto que não ama catou as dela >=(

Não que as da foto sejam, mas aqui também tem cerejeiras! Não são iguais as sakura do Japão, as flores são menores e menos bonitas, e pelo que parece florescem um pouquinho antes. No caminho pra minha escola tem uma, e eu tirei umas fotos! Peraí que já acho...

Cherry blossoms
Aqui! Bonito, não? Pena que dura pouco, ficou só alguns dias e depois voltou a ser uma árvore verde. Será que florescem mais de uma vez ao ano?

E quanto às flores da mamãe, espero que já esteja tudo bem! A fórmula de domingo + Ratinho ainda tá funcionando a mil, né? =D

É isso, por hoje é só, pessoal! Já são quase quatro da manhã (ahahahaha juro que normalmente não faço isso). É porque hoje é meu último dia aqui, amanhã mudo de família anfitriã. Espero que a nova família seja gente boa!

Por isso também blog versão dois. Espero postar coisas interessantes e com mais freqüência nessa segunda casa. Vejamos no que vai dar...

Bons votos para quem preza! Votem em mim também.

3 comments:

Pedro Henrique said...

ola,
muito legal e irreverente seu texto.
bom estava navegando na net procurando informação sobre taiwan esepcialmente taichung, conheceu ai?
abraço conterraneo..
meu email: pedroecruzeiro@hotmail.com

parabénms ate masi..

Iara said...

Olá!
Meu nome é Iara, adorei seu blog, tenho muitos amigos meus que vieram de Taiwan e até hoje aprendo sobre suas tradições. Planejo fazer uma viagem pra lá daqui a 3 anos. Gostaria de me corresponder com vc se vc tiver interesse mande uma mensagem pro meu e-mail.Seria interessante falar com um brasileiro que foi pra Taiwan até porque todos os meus amigos são de lá e pra eles tudo é normal.
até!

Natally said...

Oii..
adoreei o que você escreveu sobre taiwan.. talvez eu vá pra aí nesse ano, gostaria de conversar um pouco mais sobre a cidade, os costumes do pessoal, aí a cultura e tudo mais..

poderia me adicionar no msn para que possamos conversar?!
se puder meu msn é esse: natyrn@brturbo.com

ou me procure no orkut, se tiveres profile lá, te procurei e nao encontrei: natynovello@gmail.com

obrigaada!
beeeijos..